O que Abraham Weintraub fez no Ministério da Educação (MEC)?

Sou constantemente perguntado sobre quais foram as realizações do ex-Ministro da Educação Abraham Weintraub no MEC, então aqui vai um artigo sobre isso, neste momento em que crescem as especulações de que Weintraub virá como candidato ao governo de São Paulo.

Compilei um total de oito Programas além de falar sobre algumas das iniciativas de gestão do dinheiro público, tomadas pelo ex-ministro.

Abraham Weintraub entrou no Ministério da Educação em 9 de abril de 2019, substituindo Ricardo Velez Rodrigues, o primeiro nomeado pelo presidente Bolsonaro no início do mandato.

Até 19 de junho de 2020, portanto durante 14 meses, Abraham implantou uma série de medidas e programas no Ministério, todos alinhados com o Plano de Governo do presidente Bolsonaro, portanto, alinhado com os pensamentos de 57 milhões de eleitores.

Algo interessante que eu noto, porém, é que o questionamento acontece por pessoas que não vivem mais um ambiente educacional público. Não têm filhos em escolas públicas ou em Universidades Federais, nem tampouco atuam na área da educação pública.

Não é à toa que políticos da “velha guarda” prestigiam grandes obras públicas como praças, viadutos e rodovias. Estas obras dão visibilidade às suas atuações como prefeitos, governadores e parlamentares.

Já, medidas de reestruturação da alfabetização e programas associados à educação não tem visibilidade pública e normalmente renderão frutos depois de 25 anos, ou seja, com a formação de uma geração completa.

Cabe entender, também, que Programas Federais são lançados e disponibilizados para Estados e Municípios. Em vários casos, cabem aos gestores locais fazerem a opção pela adesão aos programas e buscá-los junto aos Ministérios.

No caso dos programas lançados pelo Ministério da Educação no período de Weintraub, 75% dos municípios brasileiros aderiram ao Plano Nacional de Alfabetização, que libertou a educação brasileira do método Paulo Freire.

Programas Lançados Por Abraham Weintraub no MEC

Programa Conta Pra Mim

Programa Conta Pra mim do Ministério da Educação, por Abraham Weintraub

Parte do Programa Nacional de Alfabetização, o Programa Contra Pra Mim tem como objetivo a ampla promoção da Literacia Familiar. Aprendizagem da linguagem oral através da leitura em casa, com convivência entre pais e filhos.

Acesse o site e saiba mais sobre o Programa aqui: Conta pra mim (mec.gov.br).

Programa Tempo de Aprender

Programa Tempo de Aprender do Ministério da Educação

Tempo de Aprender é um programa de alfabetização abrangente, cujo propósito é melhorar a qualidade da alfabetização em todas as escolas públicas do país.

O Tempo de Aprender foi premiado no relatório Education at a Glance 2021, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O documento examina a qualidade dos resultados da aprendizagem, as alavancas de políticas públicas e os fatores contextuais que moldam esses resultados, atuando como um norteador, a fim de que os países possam construir sistemas de educação mais eficazes.

O Programa realiza ações que atuam no sentido de:

  • aprimorar a formação pedagógica e gerencial de docentes e gestores;
  • disponibilizar materiais e recursos baseados em evidências científicas para alunos, professores e gestores educacionais;
  • aprimorar o acompanhamento da aprendizagem dos alunos, por meio de atenção individualizada e
  • valorizar os professores e gestores da alfabetização.

Com o objetivo de melhorar a qualidade da alfabetização, o programa Tempo de Aprender propõe ações estruturadas em quatro eixos:

  • Eixo 1 – Formação continuada de profissionais da alfabetização
  • Eixo 2 – Apoio pedagógico e gerencial para a alfabetização
  • Eixo 3 – Aprimoramento das avaliações da alfabetização
  • Eixo 4 – Valorização dos profissionais da alfabetização.

Conheça o programa completo acessando aqui: Tempo de Aprender (mec.gov.br)

Programa Grapho Game

Parte do PNA, Grapho Game (aplicativo digital) ajuda os estudantes da pré-escola e dos anos iniciais do ensino fundamental a aprender a ler as primeiras letras, sílabas e palavras, com sons e instruções em português brasileiro. O jogo é especialmente eficaz para crianças que estão aprendendo as relações entre letras e sons. Tudo isso sem anúncios e totalmente off-line.

O aplicativo apresenta uma dinâmica de jogo baseada em evidências científicas, a fim de desenvolver, por exemplo, a ortografia e as habilidades de leitura. O GraphoGame é o resultado de décadas de pesquisas de cientistas da leitura da Finlândia e de outros países. Todo o seu conteúdo foi adaptado para o português do Brasil pelo Instituto do Cérebro, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Programa Escola de Todos

O Programa Escola de Todos tem o objetivo de melhorar o convívio no ambiente de ensino, garantindo a pluralidade de ideias, participação dos pais e direito de expressão de todos.

Com base nas legislações vigentes, o MEC orienta sobre a necessidade de desenvolver ações com o objetivo de garantir a adoção de padrões educacionais que visem à cultura da paz, assim como à educação emocional e ao pleno desenvolvimento da pessoa, inclusive intelectualmente, para o exercício da cidadania e a qualificação para o trabalho. Para isso, destaca alguns direitos dos alunos:

  1.  Ter um ensino ministrado com base no pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas, resguardada a liberdade de expressão, a tolerância de opiniões e o acesso, em sala de aula, às diversas versões, teorias e perspectivas sociais, culturais, econômicas e históricas;
  2. Não ser prejudicado por sua história, identidades, crenças e convicções políticas ou ideológicas;
  3. Não ser submetido a uma comunicação comercial inadequada – como propagandas político-partidárias – no ambiente escolar;
  4. Seguir a religião que esteja de acordo com suas convicções;
  5. Professores e comunidade escolar devem respeitar as crenças e convicções do estudante, desde que não incitem à violência, de forma a evitar qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.

Programa Novos Caminhos

Educação Profissional e Tecnológica, que gera mais oportunidades, emprego, renda e novas tecnologias.

O Programa tem a meta de ampliar o acesso à educação profissional e tecnológica de qualidade, fortalecendo o uso de novas tecnologias e a promoção de ações voltadas ao alinhamento da oferta com as demandas do setor produtivo.

Conheça o Programa aqui: Novos Caminhos – Página Inicial (mec.gov.br)

Programa Educação Conectada

Ainda durante sua gestão no MEC, Weintraub criou o Programa de Inovação Educação Conectada do Ministério da Educação tem o objetivo de apoiar a universalização do acesso à internet de alta velocidade, por via terrestre e satelital, e fomentar o uso de tecnologia digital na Educação Básica.

Para isso, o Programa foi elaborado com quatro dimensões: visão, formação, recursos educacionais digitais e infraestrutura que se complementam e devem estar em equilíbrio, para que o uso de tecnologia digital tenham efeito positivo na educação.

A realidade brasileira é um desafio para as metas do programa que pretende capacitar profissionais, oferecer conteúdo digital às escolas, investir em equipamentos físicos para a conexão e apoiar técnica e financeiramente escolas e redes de ensino. 

Conheça o Programa aqui: Educação Conectada (mec.gov.br)

Programa Internet na Escola

Parte do Programa Educação Conectada, Weintraub criou o Internet na Escola, um programa que tem objetivo de conectar 100% das escolas públicas à internet. Um total de 70 mil escolas e investimento de R$ 224 milhões de reais.

ENEM Digital

Programa para digitalizar as provas do ENEM até 2026, acabando com as provas em papel. A iniciativa teve forte reação de grupos empresariais de mídia e gráficas, que se beneficiavam das provas em papel.

Outras iniciativas de Abraham Weintraub à frente do MEC

Assessores do ex-ministro me confidenciaram que Weintraub se notabilizou no MEC pela capacidade de gestão. Sentou na cadeira e imediatamente começou a analisar os gastos do MEC (um dos maiores orçamentos da União, junto com a Saúde).

Contingenciamentos e cortes foram realizados para desprazer dos interesses políticos e econômicos que se beneficiavam de programas ineficazes e escandalosamente caros das gestões anteriores.

Entre as iniciativas de gestão, destacam-se:

  • Contingenciamento de 3% do orçamento de 2019 (por 6 meses), com posterior entrega antes do prazo e acréscimo de R$ 250 milhões além do orçamento.
  • Aumento de 50% das bolsas de medicina
  • Aumento de bolsas de engenharia
  • Obrigatoriedade de prestação de contas por parte de Reitores de Universidades Federais, como condicionante para liberação de recursos

Acompanhe Abraham Weintraub nas redes

Canal Youtube: https://www.youtube.com/c/AbrahamWeintraubb

Facebook: https://www.facebook.com/abrahamweint

Instagram: https://www.instagram.com/abrahamweintraub/

Tive a oportunidade de conversar ao vivo com o ex-ministro em meu canal do Youtube. Compartilho com vocês aqui:

César Cremonesi

Porphirio.com - Artigos da Direita Brasileira
Porphirio.com – Artigos da Direita Brasileira
Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o Autor

César Cremonesi é engenheiro, empreendedor, consultor de negócios e aluno de Olavo de Carvalho. Fundador da Porphirio, cujo propósito é o de levar conscientização política para a sociedade, com pensamento de direita, que trata os conceitos a partir de sua relação com a estrutura da realidade. Conservador, apoiador de Bolsonaro e dos Valores Permanentes do brasileiro.