Hora de Política na vida real

Série de vídeos abordam minhas experiências na política real, interação com lideranças políticas, operadores da política e participação nos processos políticos para 2022.

https://youtu.be/bJmbvoDrF0E

A série toda estará disponível na playlist: https://www.porphirio.com/politica-real

O brasileiro, na média, está mais por dentro de política e isso vem se crescendo nos últimos anos, principalmente com a ascensão das redes sociais, que permitiram a entrada de milhões de pessoas no debate público.

Entretanto, este engajamento parece ter parado por aí. Nas redes sociais. Postagens militantes, de repúdio ou de apoio não se traduzem em algo concreto na vida real. Oras, com toda a militância digital, o Presidente Bolsonaro foi completamente esvaziado do poder da presidência pelo sistema, este sim, funcionando no mundo real.

O mesmo sistema livrou Lula e dezenas de condenados da Lava-Jato, soltou líderes de organizações criminosas, prendeu deputados, jornalistas e incluiu mais de 70 pessoas em uma Comissão Parlamentar de Inquérito.

As coisas concretas ocorrem no mundo real, pouco se importando com o conteúdo, alcance e relevância do mundo virtual.

Necessidade de politização da política

Temos a necessidade, agora, de politizar todo este processo de engajamento de redes sociais. Fazer com que as pessoas passem a atuar também no mundo real, através de ações concretas.

Conhecer os vereadores de sua cidade, participar de conselhos municipais, engajar-se em campanhas eleitorais, filiar-se a partido, formar associações, promover palestras, cursos, conteúdos.

A atuação política tem regramentos próprios que devem ser seguidos por quem quer atuar nesta esfera. É necessário um partido. É necessária uma chapa de candidatos, é necessário entender o quociente eleitoral, dimensionar campanhas que atinjam um determinado número de votos, aliar-se a outros candidatos, partidos, etc.

Não se trata de concordar ou não com este regramento, mas de entendê-lo e, assim, utilizá-lo para conquistar seus objetivos.

Ideias precisam ser traduzidas

Tudo aquilo que defendemos com nossas visões ideológicas precisam ser traduzidas em Projetos de Leis e Políticas Públicas práticas.

O cidadão não acorda de manhã se achando mais ou menos democrático, mais ou menos a favor do aborto.

O brasileiro enfrenta, todos os dias, problemas reais:

  • falta de remédios em postos de saúde
  • falta de vagas em creches e escolas
  • assaltos, furtos, roubos
  • ruas esburacadas
  • transporte coletivo de má qualidade
  • atendimento ineficiente em órgãos públicos
  • burocracia para contratar, ser contratado, demitir, ser demitido, trabalhar, se ausentar

Este é o “mundo real” que deve ser solucionado, daí sim, com base em um arcabouço ideológico. Queremos mais estado? Menos estado? Mais terceirizações, privatizações?

Defesa de liberdade se traduz em transporte coletivo de qualidade?

Escola cívico-militar é uma solução possível para o problema de educação?

O momento se impõe para que atuemos mais. Imediatamente.

Farol da Liberdade

Sigam o Farol da Liberdade nas redes. Uma instituição voltada ao engajamento da sociedade nas ideias e na vida prática, para soluções concretas no mundo real.

Facebook: www.facebook.com/farolliber

Instagram: @farolliber

Twitter: @farolliber

César Cremonesi

Porphirio.com - Artigos da Direita Brasileira
Porphirio.com – Artigos da Direita Brasileira
Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o Autor

César Cremonesi é engenheiro, empreendedor, consultor de negócios e aluno de Olavo de Carvalho. Fundador da Porphirio, cujo propósito é o de levar conscientização política para a sociedade, com pensamento de direita, que trata os conceitos a partir de sua relação com a estrutura da realidade. Conservador, apoiador de Bolsonaro e dos Valores Permanentes do brasileiro.