Filiei-me ao Brasil 35 São Paulo

Nesta segunda (28), me filie ao Partido Brasil 35 em São Paulo, o partido que abriu as portas para Abraham Weintraub e para os conservadores que acreditam que é possível sim, transformar as coisas através da política séria.

Iniciei este blog há pouco mais de um ano com alguns propósitos, entre eles o de trazer às redes e aos resultados do Google uma visão diferente daquelas que estavam sendo apresentadas na mídia, que defendiam ferozmente supressão de liberdades, destruição de empresas, destruição de dois anos letivos de nossas crianças, proibição de cultos religiosos e daí em diante.

A guerra de destruição do funcionamento da sociedade promovida localmente pela imprensa, aplicada na prática por governadores e prefeitos e imposta de fora por organismos internacionais de forma criminosa. Aqui e em todo o mundo.

Em São Paulo, João Dória optou por uma política de enfrentamento da pandemia baseada em fechamento da economia, trazendo o estado de São Paulo, hoje, a números inomináveis de 3,5 milhões de desempregados, 20 mil empresas fechadas, cirurgias ditas “eletivas” atrasadas em dois anos, aumento de impostos, cobrança de “aposentadoria de aposentados”.

Em nossas cidades, prefeitos covardes ajoelharam-se às imposições do pior governador da história do estado. Foram cúmplices do que, um dia, a história julgará como um gravíssimo atentado à saúde pública, à dignidade humana e à liberdade.

É momento dos bons se levantarem

Ao longo do tempo, nos perguntávamos porque “pessoas boas” não entravam na política. Nos acostumamos com a existência da política suja, formos condescendentes com a corrupção, mesmo testemunhando uma miríade de esquemas de corrupção em todos os governos desde à chamada redemocratização.

Aceitamos os políticos sujos, concordamos com seus desvios de dinheiro desde que não atrapalhassem nossos esforços de viver, estudar, trabalhar e evoluir.

Pedíamos por “alguém bom”, jogando a responsabilidade para um alguém hipotético, que nós mesmos não conseguíamos nomear. Sempre soubemos da existência de pessoas de conduta correta. No nosso entorno, conhecemos pessoas que se pautam pela ética.

Os bons nunca se atreveram a entrar na política exatamente pela percepção do ambiente de sujeira, negociata, suborno, propina, tudo que nos enoja.

Mas, agora, estas pessoas de caráteres execráveis vieram bater em nossas portas, fechar nossas empresas, fechar nossas escolas e igrejas, impor normas de comportamentos artificiais em nome de uma ciência absolutamente corrompida e pautada em interesses meramente financeiros.

Vieram tomar nossas liberdades.

Vieram soldar as portas de lojas, espancar cidadãos em praça pública, prender jornalistas e políticos por suas opiniões, desviar bilhões de nossos impostos em hospitais de campanha, respiradores e aventais.

Estas pessoas jamais serão julgadas por seus crimes – de facto e morais – se elas se mantiverem exatamente nos postos que ocupam e sobre os quais se revezam com comparsas partidários e até se aliam com ditos inimigos ideológicos.

O momento chama pelo levantar dos bons que tenham a coragem de vencer estas pessoas pela única forma possível: a substituição.

Não podemos julgar e prender estas pessoas se não as tirarmos de lá e as substituirmos por pessoas do bem. Não podemos xingá-las em redes sociais se não as arrancarmos de suas cadeiras pelas orelhas e nela sentarmos.

Brasil 35 SP com Abraham e Arthur Weintraub

O Brasil 35 em São Paulo é o resultado de um esforço de um ano e meio de construção de lideranças municipais em torno do ex-ministro Abraham Weintraub e de seu irmão Arthur.

Tive a oportunidade de participar desta construção, de passar vários dias convivendo com eles e eu atesto aqui suas condutas absolutamente retas, éticas tanto publicamente, em eventos, congressos e reuniões abertas, como de forma privada e informal, como em cafés da manhã, almoços e momentos foro dos holofotes.

Não há “conversa torta” com estas pessoas. Não se permite sequer insinuações de possíveis “ajudas” ou “composições” de favorecimento quando ambos estiverem em suas devidas cadeiras, eleitos pelo povo paulista.

E houve quem tentou. Não só agora, mas desde os primeiros boatos de uma possível candidatura de Weintraub ao governo de São Paulo. Telefones tocaram, tráficos de influências foram propostos descaradamente.

Os que tentaram foram sumariamente expelidos do nosso processo, fossem lideranças locais, fossem militantes digitais.

Além dos irmãos Weintraub, me uno a pessoas como Victor Metta, Rodrigo Morais, Danilo Palma, Eduardo Borgo, Laércio Benko, Osmar Della Paschoa, Dr. Alessandro Loiola e outras centenas de pessoas experimentadíssimas, portadoras e compartilhadoras de conhecimento e experiência.

Me uno a pessoas que estão dispostas a fazer o que é certo, não o conveniente. A escancarar a verdade sem covardia. A ajudar as pessoas de forma correta e competente, substituindo os vazios, os criminosos e os não menos perigosos ignorantes.

Não tenho intenção de uma candidatura neste ciclo eleitoral. Faço parte do Conselho Político do partido, trabalho na construção de um pré-candidato a deputado estadual por Campinas neste ano e pretendo participar das construções partidárias necessárias para o sucesso do projeto.

Grupos de trabalho, estudo, ativismo, formação de lideranças políticas, proposições de Projetos de Leis, derrubadas de leis nefastas, fiscalização do poder executivo e na responsabilização de todos os agentes públicos e privados do estado envolvidos no esquema de destruição da sociedade ocorrida sob pretexto de combate a uma pandemia.

Política sempre se fez e ainda se faz com pessoas. O partido político é a ferramenta adequada para a política eleitoral e, a partir da construção do Brasil 35, faremos outras construções em várias esferas da sociedade, com o objetivo de melhorar a vida das pessoas, fazendo de forma séria e certa. Sim, é possível.

Precisamos preencher o vazio de ideias e ações da direita brasileira.

Não irei inundar este portal com conteúdos sobre os caminhos do partido e das futuras campanhas eleitorais. Estes conteúdos eu vou disponibilizar no Blog do Partido, em www.juntoscomweintraub.com.br/blog.

Convido a todos que compartilham desta visão a juntarem-se a nós no Brasil 35, filiando-se no link: www.juntoscomweintraub.com.br/filie-se

Baixe a ficha de filiação e envie para o whatsapp informado no site.

Filiados até a sexta-feira desta semana (01) estarão aptos a concorrerem nas Eleições de 2022 se assim decidirem posteriormente.

Venham conosco. A hora é agora.

César Cremonesi

Porphirio.com - Artigos da Direita Brasileira
Porphirio.com – Artigos da Direita Brasileira

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o Autor

César Cremonesi é engenheiro, empreendedor, consultor de negócios e aluno de Olavo de Carvalho. Fundador da Porphirio, cujo propósito é o de levar conscientização política para a sociedade, com pensamento de direita, que trata os conceitos a partir de sua relação com a estrutura da realidade. Conservador, apoiador de Bolsonaro e dos Valores Permanentes do brasileiro.