A Mentira e o Regime Autoritário

´Para sobreviver sob um regime autoritário, a mentira é sua amiga. Em suma, você vive a sua verdade, mas mente para poder comer.

Conhecer pessoas que admiro tem sido a coisa mais interessante de todo este processo em que entrei, com este blog, o canal do youtube e as investidas na militância política, embora a maior parte deste trabalho ainda está se encaminhando de forma mais privada.

Conversar com quem também está pensando

Uma das pessoas que conheci neste processo é o professor Fábio Blanco, com quem fiz uma live em 5 de agosto último. O Fábio mantem lives semanais no canal PH VOX às quintas-feiras 16h e tem seu canal próprio no youtube, o Filosofia Integral.

O Fábio é destas pessoas que têm a capacidade de resumir muita coisa em uma frase. Espero chegar nisso, um dia.

Nesta oportunidade, estávamos falando sobre o estado de coisas atual, a tendência autoritária emergindo, não-eleitos mandando muito, organizações globais descoladas das nações impondo padrões de comportamento, agendas econômicas globais e supressão de liberdades.

O queridinho do momento é o “passaporte sanitário”, uma medida que visa segregar pessoas por suas opções de saúde, não porque isso faz sentido cientificamente, mas porque abre portas para o controle social absoluto em poucas décadas. O passaporte sanitário foi implantado pelo Prefeito Dário Saadi em Campinas, em obediência ao governador João Dória.

Neste ambiente, segundo o Prof. Fábio Blanco,

“você mente. Em um regime autoritário, você mente para sobreviver”.

Prof. Fábio Blanco

Em um regime em que uma pessoa prende quem quiser, pelos motivos que quiser, você obedece. Você se utiliza da mentira para viver a sua verdade. Ou morrerá com sua verdade. Seja fisicamente, moralmente, psicologicamente ou emocionalmente. Eles acabam com quem não obedece.

Os aceitacionistas e o autoritário

A tática de um regime autoritário em instalação é a promoção do medo generalizado. Em 2020, o medo foi instalado na alma de bilhões de pessoas através de uma ameaça à própria vida e, ainda por cima, invisível. Um vírus.

Muito embora a enormidade de contradições, mentiras e falsas razões estivessem sendo expostas claramente na grande mídia e por diversos personagens políticos, o medo cegou as pessoas, que passaram a obedecer a autoridades sem questioná-las.

O professor Fábio Blanco também falou nisso em nossa live:

O aceitacionistas são os obedientes, que não apenas acreditam que autoridades sabem mais, como gostam de ter autoridades que lhes digam o que fazer e, assim, não precisam assumir responsabilidades sérias sobre questões vitais para uma civilização inteira. Talvez lhes seja muito pesado.

Não é necessário obter a aceitação de todos, apenas da grande maioria. A minoria deve ser esmagada.

Os ditos “negacionistas” são as pessoas que – logo no início – já levantaram bandeiras vermelhas sobre tudo o que estava sendo dito e feito em controle social, já em março de 2020.

Pelo seu alcance, as redes sociais se apresentaram com uma ameaça ao roteiro já preparado em algum lugar sofisticado, como Davos, Paris ou Bruxelas.

A solução foi calar vozes dissonantes por todos os meios possíveis, chegando à prisões ilegais e perseguições de parlamentares, jornalistas e políticos, como no Brasil.

Mentir, obedecer e esperar por dias melhores

Quem tem alguma pretensão de viver por mais do que vinte anos, precisa ter a sabedoria de esperar o furacão passar. Obedecer, sim, na medida em que os riscos x benefícios se justifiquem. Abster-se de algumas (ou várias) coisas temporariamente e mentir sempre que necessário.

Onde e quando necessário, se você não se vacinou, diga que se vacinou. Se não concorda com passaporte sanitário, diga que é ótima ideia. Se acha óbvio que 7 bilhões de pessoas com 70kg não são capazes de alterar a composição de uma atmosfera que pesa 5 x 1018 kg, diga que ama o planeta.

5×1018 kg são 5 seguidos de 18 zeros. Ou seja:

5.000.000.000.000.000.000 kg

Sete bilhões de pessoas com peso médio de 70kg são 490.000.000.000kg.

Ou seja, cada pessoa deveria ter a capacidade de alterar a composição de DEZ MIL TONELADAS de ar.

Na medida do possível, mantenha-se informado em diversas fontes. De preferência com fontes primárias (documentos) ou testemunhos diretos do Brasil e do exterior. Forme sua opinião de forma que a lógica esteja subjacente à ela. Não pode haver razões que fogem à lógica justificando sua opinião. Se houver, refaça.

De resto, minta e seja feliz.

César Cremonesi

Porphirio.com - Artigos da Direita Brasileira
Porphirio.com – Artigos da Direita Brasileira
Please follow and like us:

1 thought on “A Mentira e o Regime Autoritário

  1. Nessa era de transição da postura radical do governo federal verdadeiro, a verdade choca. E o inimigo se arma das mentiras para combater as verdades. Mais dias, menos dias a verdade vence. Sempre vence!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o Autor

César Cremonesi é engenheiro, empreendedor, consultor de negócios e aluno de Olavo de Carvalho. Fundador da Porphirio, cujo propósito é o de levar conscientização política para a sociedade, com pensamento de direita, que trata os conceitos a partir de sua relação com a estrutura da realidade. Conservador, apoiador de Bolsonaro e dos Valores Permanentes do brasileiro.